Total de visualizações de página

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Texto do Pr. Sérgio de Jesus

Enquanto voces a possuem...

Sim, estou "assustado" com a quantidade de informações que recebo a respeito da crise em que estão envolvidos tantos pastores (tese).

Pesquisas informam a existencia de grande número de pastores em depressão, crises diversas, inclusive financeiras, famílias sendo expostas a constrangimentos sem limites, desistencia de ministério, filhos de pastores envolvidos com tudo o que não presta, etc e tal...

Muitos estão tão envolvidos com a "obra do Senhor" que acabam por esquecer do "Senhor da Obra", confundindo ativismo com atividade, lançando-se de forma integral ao que entendem ser "ministério pastoral", deixando em falta suas famílias, enquanto entendem "cuidar das famílias das Igrejas (famílias dos outros)".

Sábado - sim, o princípio do sábado é o do descanso, Deus sabia (e sabe) que ninguém "é de ferro", e precisa de descanso, de repouso, de encontro consigo mesmo e com a família - aliás, esta, a família, é o primeiro (deveria ser) ministério de um pastor, seu primeiro rebanho - tanto que "administre bem a sua própria casa."

Pastores, cuidem de suas vidas!

Sua mulher é gente, mulher normal, natural, com as necessidades naturais de toda mulher que existe sobre a face da Terra - aliás, necessidades ainda mais específicas pois, de certa forma, ela "divide" seu marido com as outras mulheres da Igreja, com as outras famílias, com os outros, e outros, e outros...

Pastores, cuidem de suas vidas!

Seus filhos são crianças normais, adolescentes normais, que precisam do pai tanto quanto qualquer outro adolescente e que, na realidade, possuem necessidades ainda mais específicas posto que dividem seu pai com os outros "filhos", os filhos dos outros.

Pastores, cuidem de suas vidas!

Sim, pois voce é gente, gente como qualquer "gente" que anda por aí, com sonhos, desejos, necessidades, fraquezas, frustrações, desejos, vontades...

Sim, gente que é gente mesmo que por vezes imagine não ser gente, ao menos gente comum, gente simples, que por vezes imagina ser algum tipo de "super gente"...

Pastores, tomem conta de suas vidas!

Sim, na realidade, de sua vida, quando pessoal, suas vidas, quando envolvendo aqueles com os quais voce se relaciona, interage, mui especial e especificamente aqueles que fazem parte de sua família pois, certamente esta, sua família, deve (deveria) prevalecer a despeito dos prazos ministeriais, pois ela, a família, a sua família, deve ser para sempre.

Pastores, tomem conta de sua vida!

Voce é de "carne e osso" (novidade?!?!?), precisa cuidar de sua saúde física, mental, emocional, espiritual.

Consulte seu médico regularmente, examine sua próstata...

Cuide de sua mente normalmente...

Cuide de suas emoções continuamente...

Cuide de sua vida espiritual pois esta, a vida espiritual, também precisa de alimentação sadia...

E, por conseguinte, cuidando de voce mesmo, estará cuidando de sua família.

Lembrem-se, pastores, seu "tempo de ministério" numa Igreja pode variar de poucos dias a muitos anos, quem sabe único ministério numa Igreja só mas, saiba, sua família normalmente veio antes dele, e deverá permanecer após ele, seu tempo de ministério.

Pastores, cuidem de suas vidas, enquanto voces a possuem.

Cuidem de sua esposa, enquanto a tem integralmente consigo pois, lamentavelmente, existem inúmeros casos em que ela está apenas fisicamente ao lado do marido pois, emocionalmente, já se afastou há muito tempo...

Cuide de seus filhos, aliás, algum tempo passado, alguns veículos exibiam um adesivo "seja o pai de seu filho antes que um traficante o adote!".

Pastores, cuidem de suas vidas.

O Ministério pastoral é algo excelente, produz frutos para a vida eterna - ah, a bem da verdade, ovelhas devem produzir ovelhas para a vida eterna, o pastor enquanto ministro deve alimentar ovelhas (das quais é uma) para que produzam bem e, enquanto cristão deve ser ovelha que produz ovelhas, também.

A excelencia do ministério pastoral está no fato dele ser bem exercido, com seriedade, responsabilidade, ética, cortesia, dependencia única e exclusiva de Deus, O Senhor da obra, mas sem que se perca o "controle" sobre outras áreas extremamente importantes, diria mesmo vitais, da vida, tal qual a família.

Pastores, cuidem de suas vidas!

Pr. Sérgio Jesus
Rio de Janeiro/ RJ

www.blogdotransportecarioca.blogspot.com
www.sergiosjesus.blogspot.com
www.duvidassemrespostas.blogspot.com

Nenhum comentário: