Total de visualizações de página

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

O Maior e Melhor Presente ao Senhor (Esboço de Mensagem)

Tema: O MAIOR E MELHOR PRESENTE AO SENHOR
Texto: Mt 2:9-11

Introdução: ...quem de nós aqui não fica em dúvida na hora de escolher 1 bom presente à alguém? ...E quando esse “alguém” é o Senhor Jesus? Os presentes dados ao Senhor Jesus pelos magos significavam:

    ouro → realeza
    incenso → divindade
    mirra → sacrifício

Creio que a maioria de vocês concorde que o MAIOR e MELHOR presente ao Senhor não sãos os dízimos e ofertas, ou o nosso trabalho dedicado na Obra d'Ele, e nem outra coisa... O MAIOR e MELHOR presente ao Senhor Jesus é com certeza o nosso coração. E sobre coração vale lembrar o que nos aconselha o sábio em Pv 4:23, ex: “Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida.”

Pontos que devemos vigiar na guarda do nosso coração, para que ele, o coração, seja SEMPRE um presente perfeito ao Senhor:

I – ANSIEDADE

Embora tenhamos conhecimento dos ensinamentos bíblicos sobre a forma como devemos lidar com a ansiedade, ex: 1 Pe 5:7; Sl 62:8 e Fl 4:6, na prática é MUIIITO difícil lidar com ela em algumas ocasiões.

Quando a ansiedade não é tratada pela fé no Senhor, ela pode se tornar num grande impedimento do coração ser um presente perfeito a Deus, pois num clima de ansiedade e tensão a pessoa dificilmente se concentra... Dificilmente se entrega melhor ao Senhor, além de sofrer os males que a ansiedade nos traz (fisicamente e emocionalmente).

Uma das dicas que o Senhor Jesus nos dá, além de orarmos a Ele, é sair do contexto, ex: “ ...olhar os lírios do campo”, “... olhar as aves do céu”, conforme nos ensina em Mt 6. Vendo como outras criaturas dEle são cuidadas por Ele, certamente nos lembraremos que há um Deus que cuida de nós também, independente da circunstância em que estivermos inseridos.

II – AMARGURA

Como a Bíblia diz que “... o coração alegre formoseia o rosto” (Pv 15:13), um coração amargurado certamente não ajudará nos relacionamentos, tanto com as pessoas quanto com Deus, e nem em nada na nossa vida.

Deve-se tratar a amargura, mesmo quando a mágoa for com o próprio Deus em razão de algo que Ele permitiu, contrariando nossas expectativas, ou mesmo pelas coisas que NÃO realizou em nossas vidas (ex: nossos sonhos AINDA não realizados por Ele).

A razão de vigiarmos quanto a isso é que a mágoa tem sido, também, um grande impedimento do nosso coração ser um presente perfeito a Deus.

III – ÍDOLOS

Não devemos pensar em ídolos somente como objetos materiais, e nem muito menos reduzi-los a imagens religiosas, ídolos podem ser qualquer coisa que estiver no lugar do Senhor em nosso coração.

No livro de Apocalipse vemos a repreensão do Senhor a uma igreja (Éfeso) que havia perdido o seu primeiro amor (Ap 2:4), e isso, o "perder o primeiro amor", acontece quando permitimos que outra coisa ocupe o lugar dEle (Senhor) em nosso coração, ex: O que deveria ser O primeiro, passa a ocupar outra posição em razão do ídolo que erguemos em Seu lugar... Acontece às vezes de algumas pessoas orarem anos por uma benção, e quando a recebem, adoram a "benção" ao invés do Senhor... Logo a "benção" se torna um ídolo, e isso é um ponto que devemos ter muito cuidado e atenção.

O Senhor deve ter a primazia em nossa vida e coração, pois Ele, que não divide a sua glória, deseja um coração sem ídolo concorrendo a Ele.

Conclusão: será que temos dado ao Senhor o nosso melhor presente? Como anda o seu coração?


Nota: mensagem pregada no Culto do dia 21/12/2011 na BR Distribuidora/Petrobrás.

Um comentário:

Pri de Luz disse...

Excelente pregação ;)