Total de visualizações de página

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

A Revelação Geral e a Revelação Especial


Até os dias de hoje é comum ouvirmos a pergunta: 'Como Deus compartilha sua revelação conosco?'. Resumidamente podemos dizer que Deus compartilha sua revelação conosco através da Revelação Geral (ex: criação, vida humana e vida comunal) e da Revelação Especial (ex: Bíblia, Pessoa de Cristo, pessoa do Espírito Santo e Corpo de Cristo). Detalhando melhor esses dois conceitos, podemos dizer que:

Revelação Geral é o termo frequentemente usado para se referir ao fato de Deus se fazer conhecido na criação, consciência e história. Há várias passagens bíblicas que a mencionam, mas a mais utilizada, por razão da clareza, é Romanos 1:18-32. Nela lemos sobre Deus se fazendo conhecer através da criação (vs. 20, 25) e também na consciência do homem (v. 19).

Quanto a Revelação Especial, a Bíblia seria um de seus exemplos, mas não o único. O termo também é usado como a Revelação Salvífica de Deus através de Jesus Cristo nas Escrituras. A razão de ser chamada de especial deve-se ao fato dessa revelação ser exclusiva ao povo de Deus, ou seja, os crentes em Jesus, uma vez que vem por escrito (A Bíblia), como já foi mencionado, mas também vem pela presença do Espírito Santo na vida do cristão e da comunhão com outros salvos em Cristo, ou seja, através da vida eclesiástica.

Baseado nesse entendimento, concluímos que ninguém poderá se desculpar diante de Deus, pois de uma forma ou de outra, Ele tem se revelado a cada ser humano. Um texto da Bíblia que gosto muito, e que também nos ensina sobre a Revelação de Deus através da criação, diz:

"Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das Suas mãos. Um dia discursa a outro dia, e uma noite revela conhecimento a outra noite. Não há linguagem, nem há palavras, e deles não se ouve nenhum som; no entanto, por toda a terra se faz ouvir a Sua voz, e as Suas palavras, até aos confins do mundo." Salmo 19:1-4a

Que Deus o abençoe e que a busca pelo conhecimento do Senhor seja uma constante em sua vida!

FONTES PESQUISADAS:

- Apostila de Apologética Cristã do Dr. Cornelio Hegeman - Curso de Mestrado em Ministério pelo SETEB/Northwestern Theological Seminay (patrocinador SETEB);
- Texto 'Revelação Geral' do Rev. Ronald Hanko - extraído de http://www.monergismo.com

Nenhum comentário: