Total de visualizações de página

segunda-feira, 13 de abril de 2009

O cristão fica ou namora?


Em 10 de novembro de 2001 o Programa “Os Arrebatados” da Rádio 93 FM utilizou este tema como debate. Minha participação foi através do texto abaixo, que enviado por e-mail foi lido pelo locutor:

Na minha opinião, o namoro deve ser um preparo para o casamento, seguindo os princípios bíblicos de santidade e pureza cristã. Brincar com os sentimentos dos outros, ou usar alguém como um objeto descartável, não deve ser o comportamento de um cristão que deseja agradar o Senhor.
Pessoas que “ficam” com alguém, normalmente acabam ferindo ou se deixando ferir, pois considera importante a pessoa na qual esta “ficando”, apenas para um curto tempo, logo descartam e saem a procura de outro(a). O namoro é necessário para um processo de conhecimento do futuro cônjuge e é até normal que um ou mais namoro(s) não dê em casamento, porém o “ficar”, na minha opinião é nocivo por se tratar de uma postura anticristã. Nesse ficar, muita das vezes acabam acontecendo coisas que não glorificam a Deus, como por exemplo o desprezo e a rejeição a outro ser criado a imagem e semelhança de Deus.

“Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós, porque esta é a lei e os profetas.” – Mateus 7:12

Nenhum comentário: